Vagas temporárias para trabalhar nas eleições


Oportunidades // Empresa contrata 499 técnicos de informática em Pernambuco para operar as urnas eletrônicas

Rosa Falcão
rosafalcao.pe@dabr.com.br
Diario de Pernambuco

Novas oportunidades de emprego temporário para as eleições 2010. A Probank, empresa de tecnologia e informação responsável pela operação das urnas eletrônicas, vai abrir 13,3 mil vagas de nível técnico em todo o país para o período eleitoral, entre 30 de agosto e 5 de novembro. Em Pernambuco serão selecionados 499 técnicos, sendo 481 técnicos de urna e 18 técnicos de polos.

Candidato deve ter concluído ou cursar último ano do ensino médio, além de ter experiência mínima comprovada de 3 meses em microinformática. Foto: Monique Renne/CB/D.A Press – 23/6/10
As remunerações variam de R$ 660,40 a R$ 904,39, além de incluir os benefícios de vale-transporte, vale-alimentação (R$ 6,50 diário) e seguro de vida. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no site http://www.probank.com.br através do link Eleições 2010. As contratações temporárias acontecem em todos os anos eleitorais para atender às necessidades firmadas no contrato da Probank com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Para cadastrar o currículo, o candidato deverá ter concluído ou cursar o último ano do ensino médio. Além disso, é exigida a experiência mínima comprovada de três meses em microinformática, com conhecimento em operação e instalação de aplicativos em ambiente padrão Microsoft Windows. Se o interessado à vaga não tiver certificado do curso de informática, poderá apresentar uma declaração da empresa comprovando a experiência, ou o registro na carteira de que já trabalhou com informática básica. Outra exigência é que o candidato assine uma declaração afirmando não ser filiado a nenhum partido, e que não é cônjuge, companheiro ou parente até terceiro grau de candidato ou funcionário da Justiça Eleitoral.

De acordo com a representação do escritório regional da Probank, não haverá dificuldade de recrutar essa mão de obra porque o nível de informática exigido para o técnico de urna e técnico de polo é o conhecimento básico. Além disso, todos os candidatos selecionados nos municípios passarão por capacitação e treinamento no Recife, agendados para os próximos dias 30 e 31 de agosto e 1º e 2 de setembro. No período de treinamento, os candidatos que não tiverem bom desempenho poderão ser dispensados e convocados outros inscritos.

A coordenadora de suporte da Secretaria de Tecnologia da Informação do TRE-PE, Mônica Monteiro, explica que os técnicos contratados terão atribuições diversas, como teste, instalação e operacionalização das urnas eletrônicas, além de carga do software e transmissão dos boletins de urna (BU) para os computadores do Tribunal. Ela destaca que o trabalho de técnico de urna em geral será feito por pessoas que já tiveram experiência em eleições anteriores, mas não é pré-requisito para ocupar a função. O pessoal selecionado será distribuído nos cartórios eleitorais e locais de votação em todos os municípios pernambucanos.

A Probank começou a trabalhar no processo eleitoral brasileiro em 2004, quando ganhou licitação para participar das eleições municipais. Desde 2006, a empresa é responsável pela limpeza, carga e recarga de baterias, verificação preventiva e preparo para armazenamento das urnas eletrônicas de todo o país. Esse trabalho de manutenção é realizado mesmo em anos em quenão há eleições através de equipes permanentes de cerca de 1,2 mil profissionais espalhados por todos os estados e o Distrito Federal.

Anúncios

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Últimas Notícias. Bookmark o link permanente.