Plano de ataque ao Irã está pronto, diz chefe do Estado-Maior dos EUA


Ação seria tomada se país produzir uma arma nuclear.
Michael Mullen diz que ataque teria consequências não desejadas.

Da France Presse

O chefe do Estado-Maior americano assegurou neste domingo (1º) que um plano de ataque dos Estados Unidos contra o Irã está pronto para ser usado, caso Teerã produza a arma nuclear, mas que está “extremamente preocupado” com as consequências que uma ofensiva como essa pode ter.

Uma ação militar contra o Irã poderá ter “consequências não desejadas que são difíceis de prever em uma região tão incrivelmente instável”, declarou o almirante Michael Mullen à rede NBC.

Contudo, os Estados Unidos não podem deixar Teerã ter a arma nuclear, acrescentou. “Para ser muito franco, qualquer uma das opções me preocupa muito”, reconheceu.

Ele se disse “otimista” em relação aos esforços diplomáticos da comunidade internacional e às sanções impostas ao Irã, que, segundo ele, levarão a República Islâmica a abandonar seu programa de enriquecimento de urânio.

Apesar disso, “as opções militares estão sobre a mesa e permanecem sobre ela”. “Espero que não tenhamos que utilizá-las, mas elas são importantes e bem conhecidas”, acrescentou o almirante Mullen.

Teerã afirma que seu programa de enriquecimento de urânio possui fins civis e pacíficos.

Anúncios

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Conflitos Internacionais. Bookmark o link permanente.