TCE rejeita contas da Faculdade de Ciências Humanas do Cabo de Santo Agostinho


Do site do TCE

Após verificar diversas irregularidades na prestação de contas da Faculdade de Ciências Humanas do Cabo de Santo Agostinho, a Primeira Câmara do TCE julgou irregular a gestão do então ordenador de despesas, Joaquim Severino da Silva Filho, do exercício de 2008. O conselheiro e relator do processo, Marcos Loreto, aplicou-lhe uma multa no valor de R$ 5 mil, além de determinar a restituição aos cofres municipais da quantia de R$ 1.463,00.

As principais falhas apontadas no relatório técnico de auditoria e que não conseguiram ser justificadas pelo gestor após a defesa, foram: superestimação das receitas no orçamento da autarquia; não realização de concurso público para a contratação de pessoal, contrariando determinações reiteradas do TCE; recolhimento de contribuições previdenciárias dos servidores com atraso; comprovação de despesas através de notas fiscais inidôneas e não realização de processo licitatório para aquisição de combustíveis.

O valor da multa deverá ser revertido em favor do Fundo de Aperfeiçoamento Profissional e Reequipamento Técnico do Tribunal no prazo de 15 dias do trânsito em julgado dessa decisão. O boleto para pagamento pode ser obtido através do site do TCE: http://www.tce.pe.gov.br.

Anúncios

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em CABO. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para TCE rejeita contas da Faculdade de Ciências Humanas do Cabo de Santo Agostinho

  1. Ranieri disse:

    Como ex-aluno da Fachuca, me preocupa saber que esta instituicao que tantos profissionais formou, encontra-se novamente em retrocesso e de retorno aos anos 90, como na 1a adm do citado diretor, que nao obstante, tinha duvidosa apresentacao de despesas quando lhe era imposto assim apresenta-las, mas o pior podera acontecer com os cofres da instituicao, tendo que bancar os constantes prejuizos e as multas aplicadas a ma adm do apertado orcamento.

Os comentários estão encerrados.