TRE de Alagoas nega registro de candidatura de Ronaldo Lessa ao governo do estado


Da Agência Brasil

Brasília – O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL) negou hoje (6) o registro ao candidato Ronaldo Lessa (PDT) ao governo do estado. O ex-governador foi barrado com base na Lei da Ficha Limpa com placar de 6 votos a 1.

O candidato é inelegível por ter praticado abuso de poder político e econômico nas eleições de 2004. Também foi negado o registro de Joaquim Brito, vice-candidato na chapa de Lessa.

Cabe recurso à decisão que pode ser encaminhado até o dia 19 de agosto, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Supremo Tribunal Federal (STF), o que permite que o candidato continue a campanha até o julgamento final do caso.

O advogado do candidato, Marcelo Brabo, disse que protocolou hoje o pedido de defesa do candidato ao governo de Alagoas. “O candidato já cumpriu a pena de três anos em 2007, relativa às eleições de 2004”.

A defesa irá se basear em pareceres de oito tribunais regionais eleitorais que já liberaram candidatos enquadrados na Ficha Limpa. Segundo o advogado, Lessa está convencido que vai concorrer às eleições. “Ele tem a convicção de que a decisão será revertida”, disse Brabo.

Anúncios

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Eleições 2010, Judiciário, Política. Bookmark o link permanente.