Brasil poderá ter genérico este mês


SÃO PAULO (Folhapress) – A farmacêutica EMS, maior fabricante nacional de remédios, promete lançar até o fim da próxima semana a versão genérica do Lípitor (atorvastatina), a droga para controlar o nível de colesterol mais vendida do mundo, da multinacional norte-americana Pfizer. Na última sexta, a EMS conseguiu liminar que a autoriza a produzir e a vender um genérico no mínimo 35% mais barato que Lípitor, que chega a custar R$ 200, dependendo da concentração.

A versão genérica vai se chamar Lipistat. A Pfizer informou que vai recorrer da decisão. Há dois meses, uma outra decisão judicial impôs o fim da patente do Viagra (citrato de sildenafil), do mesmo laboratório. Em nota, a Pfizer disse defender o prazo da validade da patente (até dezembro) como forma de garantir o retorno do investimento para desenvolver o Lípitor e outras drogas.

O momento é crucial para a Pfizer porque está em jogo uma série de licitações do governo para a compra de atorvastatina. Os valores são estimados em R$ 200 milhões. Contando com as vendas nas farmácias, o mercado estimado do Lípitor é de R$ 400 milhões.

“Com a redução de preço, vamos permitir que uma camada muito significativa da população tenha acesso ao medicamento. Estamos falando de redução de colesterol. Isso mata. E o governo também terá uma economia de 35% a 40%’’, afirmou o vice-presidente de mercado da EMS, Waldir Eschberger Júnior.

Anúncios

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Últimas Notícias. Bookmark o link permanente.