Saúde se prepara para oferecer internamento domiciliar no Cabo


DA REDAÇÃO DO TP

Ainda não tem data definida, mas a Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho se prepara para oferecer serviço de Internamento Domiciliar à população. O programa é um equipamento preconizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), direcionado a pessoas portadoras de doenças crônicas estáveis que se encontram acamados em hospitais e visa à humanização do tratamento através do cuidado em casa.

O processo de implantação está em andamento e será concluído com a assinatura de convênio de humanização entre o Governo Municipal e o Ministério da Saúde, que abrange o internamento domiciliar.

Dentro dessa preparação, a Gerência de Atenção à Humanização e Treinamento (GAHT) da Secretaria de Saúde do Cabo planejou uma série de capacitações iniciadas ainda no primeiro semestre para acompanhantes (os cuidadores) de pacientes assistidos, pela prefeitura em domicílio ou em leitos hospitalares.

A primeira capacitação atendeu cuidadores de pacientes em condições de receber assistência em casa. Já a segunda, a oficina de curativos, queimados e ferimentos, foi voltada para técnicos e enfermeiros do Programa Saúde da Família, com o objetivo de capacitá-los para melhor reconhecer a gravidade dos pacientes, em geral, e, assim, tratá-los e/ou encaminhá-los de maneira mais adequada.

Para a técnica Rana Gomes, 34, que atende no PSF de Mercês, a qualificação trará benefícios. “Queremos dar o melhor auxílio quando o paciente estiver em casa, de acordo com as necessidades dele e da família”, destacou.

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Administração Pública, CABO. Bookmark o link permanente.