Praias de Jaboatão serão alargadas para evitar avanço do mar


Do JC Online Com informações de Isabelle Figueirôa

A Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, para o avanço do mar é o aumento das praias, ou “engordamento da orla” no jargão técnico. A medida foi tomada depois de um estudo da empresa Coastal Planning e foi apresentado nesta quinta-feira (9) em coletiva de imprensa. O prazo para início é em fevereiro do ano que vem.

O anúncio foi feito pelo prefeito da cidade, Elias Gomes e pelo secretário do meio-ambiente, Marcio Mendes. A ideia é alargar a faixa de areia antes do mar para mais 5,5 km. A largura ficaria entre 30 e 40 metros. “A receita é encontrar uma jazida em alto-mar compatível com o grão nativo (granulometria)”, diz o oceanógrafo e técnico responsável pelo projeto Rodrigo Derletta.

A prática já foi adotado com sucesso em Miami Beach, nos EUA, Dubai, nos Emirados Árabes e em Copacabana, no Rio de Janeiro. Caso a areia encontrado seja totalmente compatível com as praias de Jaboatão, serão necessários 650 mil metros cúbicos de areia. Se encontrarem um grão 30% mais grosso, o volume fica por volta de 550 mil e se for 30% mais fino, sobe para 800 mil.

“Já temos recursos para fazer a contratação da obra no valor de R$ 20 milhões”, disse Elias Gomes. Ainda neste mês de setembro um edital será lançado para o projeto executivo e em fevereiro de 2011 será escolhida a empresa de engenharia para executar o projeto. O dinheiro foi obtido através de emendas no orçamento geral da União.

Segundo Mendes, secretário do Meio-Ambiente do município, “a previsão é de que até o final de 2011 as praias de Jaboatão estejam recuperadas”.

Anúncios

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Últimas Notícias. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Praias de Jaboatão serão alargadas para evitar avanço do mar

  1. Delcio disse:

    Caso esse projeto venha a ser implantado em Jaboatão, a população deve preparar o bolso para pagar caro a conta da manutenção do aterro de praia a cada 5 anos. Portugal esse ano está pagando 100 milhões de euros com reposição de aterro de praia. Literalmente falando vão jogar areia ao mar.

Os comentários estão encerrados.