CIDADANIA: Painel vai discutir direito à acessibilidade e educação


DA REDAÇÃO DO TP

O direito à acessibilidade e à educação das pessoas com deficiência. É este o tema do painel a ser discutido nesta segunda-feira (20), no auditório do 1º andar do Centro de Educação da UFPE, das 19h às 21h.
Organizado pelo Núcleo da Diversidade do Ministério Público de Pernambuco e o Centro de Estudos Inclusivos da Universidade Federal (UFPE, o encontro comemora o Dia Nacional de Luta do segmento (21 de setembro).
O evento é apoiado pela Chesf e conta com a participação da Procuradora da República Eugênia Fávero. Ela atua no Ministério Público Federal (MPF) de São Paulo e é autora do livro “Direitos das Pessoas com Deficiência”.

Também participa do painel, a Promotora de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos do Ministério Público de Pernambuco, Judith Borba.

A discussão é direcionada a estudantes, professores, gestores e operadores do Direito. Os interessados não precisam fazer inscrição prévia. A organização do evento conferirá certificado aos participantes.
O painel ainda contará com tradutor de Libras (Língua Brasileira de Sinais) e audiodescritor – ferramentas de acessibilidade comunicacional para surdos e cegos, respectivamente.

IBGE – Segundo dados do Censo 2000, do IBGE, Pernambuco é o quarto estado do país com maior proporção de pessoas com deficiência (17,4%). Em pelo menos 11 municípios pernambucanos, dos quais oito estão no Agreste, o percentual passa dos 24% da população total.

O Nordeste é a região que apresenta maior percentual de pessoas com deficiência (16,8%). Oito dos nove estados nordestinos apresentam as oito maiores taxas de pessoas com deficiência do Brasil.

O período de 2006 a 2016 foi declarado pela Organização dos Estados Americanos (OEA) como a Década das Américas das Pessoas com Deficiência.

Durante esse período, o Brasil – país membro da OEA – terá que empreender programas e ações para inclusão das pessoas com deficiência nos âmbitos cultural, político, social e econômico de forma que sejam criadas oportunidades em iguais condições com os demais.

Anúncios

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Cidadania. Bookmark o link permanente.