EDITORIAL: Passar a limpo o Brasil


Dados de uma pesquisa realizada pelo Ibope entre os dias 18 e 21 de setembro, a apenas duas semanas da eleição deste próximo domingo (3 de outubro) está preocupando o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Mozart Valadares, que encomendou a consulta popular.

Para traçar o perfil do eleitorado brasileiro o instituto entrevistou 2.002 pessoas em 140 cidades e constatou que quase metade dos eleitores tem conhecimento de casos de compra de votos. Chega a 43% o índice dos que admitiram conhecer casos de políticos que compram ou compraram votos.

O estudo mostra que dos 43% que admitiram ter conhecimento da prática, a maior parte dos entrevistados (57%) tem grau de escolaridade mais alto, com nível superior completo. E 41% dizem conhecer alguém que já votou em troca de algum benefício.

E, pasmem: dos 43% que declararam saber da indecente compra de votos por políticos inescrupulosos, 13% admitem que votariam em um candidato que oferecesse alguma benesse.

Isso significa, para a alegria de um grande número de políticos corruptos, que no país que se mobilizou pela aprovação da Lei da ficha Limpa, mais de uma dezena de milhões de brasileiros ainda aceitam a humilhante compra de votos.

“É um dado preocupante. Precisamos conscientizar o eleitor de que ele não deve negociar sua cidadania”, avaliou Mozart Valadares.

As constatações preocupantes à AMB não param por aí. Os dados revelam que 54% dos eleitores não denunciariam tentativa de compra de votos. Entre os que denunciariam, 14% declararam não saber a quem procurar. A maior parte (43%), entretanto, procuraria a Justiça Eleitoral.
“A classe política não traz números animadores”, disse o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Mozart Valadares. “Infelizmente, em todas as classes sociais, em todas as regiões do país, existem pessoas que admitem [dar] o voto em troca de benefício. É um índice alto entre aqueles que têm coragem de assumir publicamente”, completou.

A pesquisa Ibope revela ainda que entre as regiões, a Nordeste (21%) foi a que apresentou o maior número de entrevistados que admitem trocar o voto por dinheiro ou outro benefício.

São dados recentes colhidos de eleitores que nos últimos dias, de alguma forma, tomaram conhecimento de campanhas pelo voto ético e consciente desenvolvidas por entidades e pelo Tribunal Superior eleitoral (TSE). Há muito, portanto, ainda, a se fazer no combate à corrupção eleitoral. A luta pela ficha limpa para a conquista de cargos eletivos tem que estar presente sempre na consciência e nas ações de quem de fato deseja passar a limpo o Brasil.

Anúncios

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Últimas Notícias. Bookmark o link permanente.

2 respostas para EDITORIAL: Passar a limpo o Brasil

  1. Compra de votos que coisa mais interessante.
    Tanto que uma das maiores compradoras de votos aqui do Cabo, hoje faz propaganda contra esta atitude.
    Não sou político, não estou fazendo campanha para ninguém mais pasmem!
    Já chegou em minha porta: Se o senhor tiver um candidato que me ajude a tirar minha carteira de motorista minha família vota nele, eu, minha mulher, mãe, pai e duas irmãs. O político safado compra votos o povo mais safado ainda coloca seu voto na prateleira da budega.
    Nada a reclamar, não querem então tenham os gestores que desejam.

  2. Mais vergonha!
    Chorem Brasileiros…..Texto da Imprensa do Canadá sobre Dilma Rousseff
    Amigos,
    Vejam que ao menos o Canadá está expressando o que o povo brasileiro não consegue enxergar!
    Triste! Vergonhoso, mas necessário!

    Texto da Imprensa do Canadá sobre Dilma Rousseff
    Leia com atenção estes comentários da Imprensa canadense sobre próxima eleição no Brasil!
    Repasse esta advertência ao máximo possível de amigos honrados!!!
    Abaixo a tradução do texto original publicado no Canadá. Vale a pena uma
    leitura. A pergunta essencial que ninguém fez foi a seguinte: Se Lula, de fato,
    quisesse eleger uma mulher com origem humilde e vencedora como ele, teria
    escolhido a Marina Silva. Por quê então uma mulher de origem burguesa, de
    família búlgara, autoritária, odiada por muitos membros do partido, confusa, sem
    discurso próprio e sem qualquer experiência eleitoral????
    Original em Inglês para quem puder conferir.
    BRAZIL’S PURGATORY ABOUT TO BEGIN
    The sad fact about the next election in Brazil is that it will not be decided
    based on principles or values. Nobody cares if Dilma Roussef murdered or robbed.
    It is just populism in the cruelest form. She is Lula’s lady. Poor people have
    benefited a little from the end of inflation, and they forgot that this
    situation was inherited by Lula. What is interesting is that the Worker’s Party
    is neither Communist nor the helper of workers. IBGE, the main statistical
    institution in Brazil , has just released the information that illiteracy in
    Brazil increased during Lula’s reign. Basic sanitation is in the same level as
    it was at the time of his coronation. 50,000 Brazilians die violent deaths, most
    caused by guns and drugs smuggled into the country by the FARC Marxist
    terrorists, allies of Lula. Who cares? I have a cell phone and tv set. The next
    World Cup will be in Rio. On the other hand, the Federal Development Bank
    (BNDES) has received this year US$ 100 BI to lend to large corporations, in
    order to “buy” their good will towards the government during the election year.
    The capitalists get the money for 3,5% to 7%, while the government pays 10% to
    12% for the banks. Itaú bank had the largest profit of any bank in the Americas
    , including the ones in the US. Other acts of largesse of the government include
    the distribution of TV and radio licenses to capitalists and politicians, a TV
    network for the union leaders (who take one day of salary from the workers and
    can’t be audited – Lula forbid it) and the definition of the targets of
    investment of the pension funds from state companies, in the order of hundreds
    of billions of dollars. They can make you or break you. FASCISM This is a
    fascist economy, in its purest definition. Mussolini would be proud.
    It is hard for the common folk to understand how Communism has changed from a
    social utopia to this raw fascism. The reason is that they retain the old veneer
    in cultural causes, such as free abortion, gay marriage, globalism, ecological
    radicalism, etc. Just like in China , they tell you how to live your private
    life. Censorship or “media control” is in Dilma’s agenda, as it is in full
    course in Argentina and Venezuela today. The fiscal privacy of Dilma’s opponents
    has been broken with no consequences. Basic constitutional rights are worth
    nothing to the Worker’s party, and they are challenging property rights. A bunch
    of communist peasants, all funded and led by professional agitators, will invade
    farms, kill people (as they do now) and the issue will be decided by popular
    acclamation, in a commune. We are being prepared to be pawns of the world
    government. I predict rough times ahead for Brazil . Dilma is incompetent and
    stubborn. Brazil ‘s public debt has almost tripled and is about to explode, due
    to to the high interest rates. The boom in the exportation of minerals and
    agro-commodities that gave Lula’s popularity such boost can end anytime,
    especially if a heavy crisis hits the dollar. The taxation level in Brazil is
    one of the highest in the world, at 40,5% and bureaucracy, with 85 different
    taxes in the last count, is astronomical. They won’t be able to raise tax
    anymore to support the do-nothings employed in the government and the
    corruption. When the government crashes, the social aids that supported Lula’s
    popularity will be at risk. Without the booming exports, there will be fewer
    jobs, and it is possible that we see riots and protests. Things have always been
    too easy in this country, where food grows even in a crack in the sidewalk.
    Perhaps it is time for Brazilians to mature from suffering. PS: Dilma’s father
    was a Bulgarian. He fled his country because he was a communist activist.
    Surprisingly (?), in Brazil he was a capitalist and very rich. Dilma had a very
    bourgeois life, living in a large house and studying at private schools. It is
    always good to belong to the Communist elite.

    O purgatório brasileiro está prestes a começar.

    A triste verdade sobre as próximas eleições no Brasil é que não será decidida
    com base em princípios ou valores. Ninguém se importa se Dilma Roussef tenha
    assassinado ou roubado. É apenas o populismo na forma mais cruel. Ela é a
    senhora Lula. Os pobres se beneficiaram um pouco do fim da inflação e se
    esqueceram que esta situação foi herdada por Lula. O interessante é que o
    Partido dos Trabalhadores não é comunista, nem o que auxilia os
    trabalhadores. IBGE, a principal instituição de estatística no Brasil, acaba de
    lançar a informação dando conta que o analfabetismo no Brasil aumentou, durante
    o reinado de Lula. O saneamento básico está no mesmo nível que era no momento
    da sua coroação. 50 mil brasileiros morrem mortes violentas, a maioria causados
    por armas e drogas contrabandeadas para o país pelos terroristas marxistas das
    FARC, os aliados de Lula. A próxima Copa do Mundo será no Rio de Janeiro. Em
    contrapartida, o Banco Federal de Desenvolvimento (BNDES) recebeu este ano 100 $
    E.U. BI para emprestar às grandes corporações, a fim de “comprar” a sua boa
    vontade em relação ao governo durante a campanha eleitoral. Os capitalistas
    recebem o dinheiro com juros no entorno de 3,5% a 7%, enquanto o governo paga
    10% a 12% para os bancos. Banco Itaú teve o maior lucro de um banco nas
    Américas, incluindo os de os E.U.A. Outros atos de generosidade do governo
    incluem a distribuição de licenças de TV e rádio para os capitalistas e os
    políticos, uma rede de TV para os dirigentes sindicais (que fazem um dia de
    salário dos trabalhadores e não podem ser fiscalizadas – Lula proibi-lo) e os
    definição dos objectivos de investimento dos fundos de pensão de empresas
    estatais, na ordem de centenas de bilhões de dólares. Eles podem fazê-lo ou
    quebrá-lo.
    FASCISMO Esta é uma economia fascista, na sua mais pura definição.Mussolini
    estaria orgulhoso. É difícil para o povo a entender como o comunismo mudou a
    partir de uma utopia social para este fascismo na forma mais primata.O motivo é
    que eles mantêm a aparência sob o velho charme por causas culturais, como o
    aborto livre, o casamento gay, o globalismo, o radicalismo ecológico, etc. Assim
    como na China, dizem-lhe como viver sua vida particular.
    Censura ou “controle da mídia” ESTÁ na agenda de Dilma, da mesma forma como se
    encontra em pleno andamento na Argentina e Venezuela hoje em dia. A privacidade
    fiscal de oponentes Dilma foi quebrada sem consequências. Os direitos
    fundamentais garantidos pela Constituição nada valem para o Partido dos
    Trabalhadores e eles estão desafiando os direitos de propriedade. Um grupo de
    camponeses comunistas, todos financiados e liderados por agitadores
    profissionais, invadem fazendas, matam pessoas (como o fazem agora) e a questão
    será decidida por consulta popular, da comuna. Estamos sendo preparados para
    sermos peões do governo mundial. Prevejo tempos difíceis à frente para o
    Brasil. Dilma é incompetente e teimosa. A dívida pública do Brasil quase
    triplicou, e está prestes a explodir, devido às altas taxas de juros. O boom da
    exportação de minerais e agro-commodities, que impulsionaram a popularidade de
    Lula, pode acabar a qualquer momento, especialmente se uma crise pesada atingir
    o dólar. O nível de tributação no Brasil é um dos mais altos do mundo, com
    40,5%, e a burocracia, com 85 diferentes impostos na última contagem, é
    astronômica. Eles não serão mais capazes de aumentar os impostos para sustentar
    os vagabundos empregados do governo e a alta corrupção. Quando o governo
    quebrar, as ajudas sociais que apoiaram a popularidade de Lula estarão em
    risco.Sem o crescimento das exportações, haverá menos postos de trabalho, e é
    possível que nós venhamos a ter tumultos e protestos. As coisas têm sempre sido
    muito fáceis neste país, onde o alimento cresce até nas rachaduras na calçada.
    Talvez já esteja na hora de os brasileiros amadurecerem pelo sofrimento. PS: O
    pai de Dilma era búlgaro.Ele fugiu de seu país porque era comunista perigoso,
    ativista. Surpreendentemente, no Brasil, tornou-se um capitalista e muito
    rico. Dilma teve uma vida burguesa privilegiada, vivendo em uma casa grande e
    estudando em escolas privadas. É sempre muito bom fazer parte da elite
    comunista.
    Site da Notícia
    http://www.savethemales.ca/bulgarian_marxist_terrorist_ti.html
    Quem quiser pode conferir.

Os comentários estão encerrados.