Protestos por greve geral reúnem milhares na Espanha


Agência AFP
Centenas de milhares de pessoas saíram às ruas de Madri e de outras cidades espanholas convocadas pelos principais sindicatos, durante a greve geral contra a reforma trabalhista do governo espanhol.

Em Madri, cerca de 500 mil manifestantes participaram de uma gigantesca passeata a partir das 18H30 local (13H30 Brasília) que percorreu o Prado e a rua Alcalá, entre a praça Netuno e a Porta do Sol, sob as bandeiras vermelhas dos sindicatos.

Em Barcelona, mais de 400 mil pessoas foram as ruas, em um protesto seguido por centenas de cidades espanholas.

As passeatas são um “clamor” e uma “expressão de democracia” que “não podem deixar o governo impassível; o governo precisa reagir. A greve geral e as mobilizações foram convocadas para que o governo mude suas políticas”, disse o secretário geral das Comissões Operárias (CCOO), Ignacio Fernández Toxo.

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Últimas Notícias. Bookmark o link permanente.