Prefeitura do Recife prepara jovens com deficiência para inclusão no mercado de trabalho


Durante 40 dias, os jovens vivenciarão as atividades da Secretaria de Direitos Humanos e Segurança Cidadã da Prefeitura do Recife.

Secom/Recife

Como parte da política inclusiva da Prefeitura do Recife, a Secretaria de Direitos Humanos e Segurança Cidadã (SDHSC) supervisionará o estágio de nove jovens, com deficiência, dos cursos de auxiliar administrativo e manutenção de microcomputadores do projeto de profissionalização do Centro de Articulação Retome Sua Vida. O projeto tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento pessoal e profissional de adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social, visando à inserção no mercado de trabalho.

Durante 40 dias, os estagiários terão oportunidade de vivenciar as atividades técnicas e administrativas das diretorias e gerências da SDHSC e do Centro de Referência em Direitos Humanos Margarida Alves, órgão ligado à Secretaria. Com a finalização do projeto, os jovens vão ganhar certificado de vivência prática. “Receber esses jovens, que estão em processo de formação por uma entidade da sociedade civil, é muito importante porque para eles é fundamental ter uma vivência organizacional; e para a gestão é um reconhecimento das políticas públicas da PCR por parte do segmento e da sociedade”, ressaltou a secretária de Direitos Humanos e Segurança Cidadã, Amparo Araújo.

O Centro de Articulação Retome Sua Vida é uma organização não- governamental fundada em 1992 e constituída por instituições associadas que atuam na defesa dos direitos da criança e do adolescente. A missão do Retome é a promoção de ações que visam a garantia dos direitos da infância, adolescência e juventude no estado de Pernambuco, fortalecendo política e pedagogicamente, uma grande rede de entidades. Atualmente, o centro atua com quatro programas: apoio a entidades associadas; profissionalização para adolescentes e jovens; geração de renda e meio ambiente e apoio à medida socioeducativa em meio aberto – liberdade assistida.

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Administração Pública, Cidadania, Direitos Humanos, Educação, Recife. Bookmark o link permanente.