Suspensa vacina contra a raiva


Medicamento causou reações adversas em mais de 2 mil animais. Já foram verificadas 217 mortes

São Paulo – A vacinação contra raiva de cães e gatos está suspensa em todo o país. No estado de São Paulo a imunização está interrompida desde o dia 20 de agosto, após a morte de cães e gatos e de reações adversas em mais de 2 mil animais. A decisão da suspensão foi tomada ontem pelo Ministério da Saúde após resultados preliminares de testes em cobaias.

Vacinas aplicadas em Pernambuco são seguras, mas só têm validade até o dia 30 de outubro. Foto: Júlio Jacobina/DP/D.A Press – 15/9/05

Após a aplicação do medicamento nas cobaias, ocorreram reações graves e mortes. Entre os efeitos que não eram previstos e que foram observados estão hemorragia, dificuldade de locomoção, hipersensibilidade de contato e intensa prostração.

De acordo com o diretor de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, Eduardo Hage, embora os dados laboratoriais parciais ainda não sejam suficientes para afirmar a real causa das mortes, elas estão associadas temporalmente à vacina, pois os sintomas nos animais começaram em até 72 horas após a aplicação, além de ter ocorrido aumento de notificações por parte dos estados, nesta semana. Foram vacinados 7,9 milhões de animais. De 12 de agosto a 6 de outubro, as secretarias estaduais de Saúde notificaram ao Ministério 1.401 eventos graves envolvendo animais, dos quais foram verificadas 217 mortes. O Ministério da Saúde comprou 30,9 milhões de doses por R$ 23,4 milhões. Desse total, já foram distribuídas 22,6 milhões aos estados.

Pernambuco – O estado ainda não havia começado a distribuir a nova vacina, de origem nacional. No entanto, de acordo com o o gerente do Centro de Vigilância Ambiental (CVA) do Recife, Amaro Souza, o CVA ainda possui cerca de dez mil doses da droga trabalhada na campanha de 2009. No ano passado a vacina adquirida pelo país foi importada, e não houve registro de reações nos animais. Ou seja, quem quiser vacinar seus cães e gatos pode procurar o CVA e aproveitar as últimas doses da droga antiga. Mas é bom se apressar, pois essa vacina vence no próximo dia 30 de outubro.

“Nosso plano é fazer uma pré-campanha aqui no Recife, enquanto a nacional está suspensa por tempo indeterminado. O foco são as áreasque tiveram baixa cobertura em 2009 e aguardar um posicionamento do Ministério da Saúde”, afirmou Amaro Souza. Quem quiser vacinar seus animais com as doses remanescentes podem procurar a sede da CVA, localizada na Rua Antônio da Costa Azevedo, nº 1135, Peixinhos, Olinda.

Anúncios

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Últimas Notícias. Bookmark o link permanente.