Começa nesta sexta Missão Humanitária do Instituto SOS Mão Criança


Consultas gratuitas acontecem nos dias 15, 22 e 28 de outubro; transferência dos dedos dos pés para as mãos é o tema desta 12ª edição

Da Redação do pe360graus.com

O termo trocar os pés pelas mãos é utilizado quando alguém se atrapalha ou age de maneira desajeitada, com pressa. Para o Instituto SOS Mão Criança, porém, a expressão significa uma técnica diferenciada de cirurgia reparadora para os membros superiores. “Transferência do dedo dos pés para as mãos” é o tema da 12ª Missão Humanitária, promovida pelo Instituto SOS Mão Criança, que acontece este mês.

A triagem dos pacientes acontece nos dias 15, 22 e 28 de outubro. Nos dias 29 e 30 de outubro acontecem as cirurgias. Todo o atendimento é gratuito e a marcação de horários pode ser feita pelo telefone (81) 3087-9595.

Podem participar da triagem pacientes com deformidades congênitas ou conseqüentes de amputações traumáticas nas mãos podem participar da triagem. A cirurgia complexa e de grande porte. A expectativa dos médicos é que mais de 100 crianças, de 0 a 12 anos, passem pela triagem.

A 12ª Missão Humanitária será coordenada pelos médicos especialistas Rui Ferreira e Mauri Cortez, e conta com a participação dos médicos voluntários Patrick Lanter, anestesista do Institut De La Main (Paris) e Philippe Valenti, vice-presidente da Organização Não Governamental (ONG) francesa La Chaine de L´espoir – A cadeia da esperança.

Desde 2005, quando realizou a primeira Missão Humanitária, o Instituto SOS Mão já atingiu 5265 consultas e 350 cirurgias reparadoras da mão em crianças de todo o estado de Pernambuco, de outros estados do país, como também de outros paises. Os pacientes contam ainda com exames cardiológicos, laboratoriais e oftalmológicos gratuitos.

A Unicordes/Funcordis, o laboratório Gilson Cidrim e a Pyramid Medical Systems – SonoSite são parceiros do SOS Mão nesta missão.

Anúncios

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Últimas Notícias. Bookmark o link permanente.