Pernambuco confirma quatro casos de contaminação por superbactéria


Agência Folha
FILIPE MOTTA
DE SÃO PAULO

Quatro casos de contaminação pela bactéria KPC (Klebsiella pneumoniae carbapenemase) foram confirmados em Pernambuco, na tarde desta sexta-feira (22).

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, os doentes são do sexo masculino e estão internados em dois hospitais há mais de 30 dias.

Com idades entre 46 e 80 anos, três deles estão na UTI e o outro, que se encontrava na mesma situação, já se recupera em um quarto.

Os pacientes foram parar no hospital depois de sofrerem AVC (acidente vascular cerebral). De acordo com a secretaria, os problemas com a KPC ocorreram depois da entrada nas unidades de saúde –pelo fato deles já levarem a bactéria no organismo ou por terem se contaminado depois de internados.

Seguindo orientações da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), para reduzir os riscos de transmissão, os quatro homens estão isolados e recebem tratamento de uma equipe exclusiva.

Para que outros pacientes não entrem em pânico, a Secretaria de Saúde não informou os nomes dos homens nem dos hospitais onde estão internados. Ainda de acordo com o órgão, até o momento não há suspeitas de outros casos em Pernambuco.

Há registros confirmados da superbactéria, que é resistente a antibióticos, em pelo menos outros oito Estados: São Paulo, Distrito Federal, Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Santa Catarina e Paraíba.

Pelo menos 43 pessoas que foram infectadas pelo micro-organismo morreram desde então, mas não é possível precisar se as mortes foram provocados pela bactéria.

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Saúde. Bookmark o link permanente.