Moura do Portal, teu legado foi legal



Por Jairo Lima

A cidade do Cabo de Santo Agostinho vem compondo-se a cada dia num novo cenário demográfico econômico e cultural. Recebemos famílias inteiras, homens trabalhadores atraídos por um oásis industrial. Boas ou não, todas as oportunidades de empregos, transformaram nossa cidade num verdadeiro ímã.

Brasileiros de diversas regiões são atraídos em busca da felicidade e do mínimo de conforto e estabilidade. São novos sotaques, crenças e valores se incorporando ao que chamaremos dentro em breve de o novo Cabo de Santo Agostinho.

Moura foi um desses “imigrantes” que aqui aportou. Paulista, instalou-se como micro empresário no Loteamento Cidade Garapu e logo deixou claro que aqui chegou para fazer trocas.

Moura foi em muitas ocasiões essa voz que denunciou atos e comportamentos que feriram a vida em seus valores materiais e espirituais.

Não apenas a do seu suor pelas grades e janelas que majestosamente, no ofício de ferreiro, confeccionava, mas como cidadão que compreende seu papel logo quando chega ao mundo, esteja onde estiver, como são os de consciência cosmopolita. Como são os que têm clareza de suas missões.

Vi-o, o li e o acompanhei em alguns momentos. Sou testemunha do seu compromisso com lutas em defesa dos que mais precisam, e que as vezes apenas precisam apenas de uma voz.

Moura foi em muitas ocasiões essa voz que denunciou atos e comportamentos que feriram a vida em seus valores materiais e espirituais. E foi além, participava e se entregava de corpo e alma. Moura tinha a curiosidade de uma criança, a energia de um adolescente, a sagacidade de um adulto e a serenidade de um idoso, que o fez impar, polêmico, corajoso, denunciante, questionador…

Ele foi um desses novos filhos que enxergou nossa cidade como mulher, como mãe, como Santa Maria de La Consolácion, que merece respeito, defesa e proteção. Agora, entregou seu corpo a nossa terra e sua alma para Deus, sem vácuo, pois que seu legado deixa um exemplo de amor por uma cidade que também aprendeu a amá-lo.

Até breve Moura.

Jairo Lima – membro da Academia Cabense de Letras

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Últimas Notícias. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Moura do Portal, teu legado foi legal

  1. A verdadem, nada mais que a verdade!
    Não consegui permanecer no velório, naõ tive como.
    O amigo estará sepre em minhas orações e lembraça.

  2. MOURA, PELO POUCO TEMPO QUE FICOU ENTRE
    OS AMIGOS AQUI NO CABO,
    DEIXOU ENSINAMENTOS DE COBRANÇAS.

Os comentários estão encerrados.