Fiesp e Ciesp rejeitam proposta de recriação da CPMF


A proposta de recriação da CPMF, o “imposto do cheque” derrubado pelo Senado em 2007, feita por governadores à presidente eleita, Dilma Rousseff, foi rejeitada pela Fiesp e pelo Ciesp (Federação e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), de acordo com a Folha de S. Paulo.

  • O que você pensa sobre um possível retorno da CPMF?

“A nossa posição é conhecida, somos contrários à criação e/ou aumento de qualquer imposto. A sociedade brasileira não aceita elevação da carga tributária. Ao contrário, quer a sua redução e o constante aumento de qualidade nos serviços públicos”, afirmou Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp.

Skaf afirmou que espera que “logo nos primeiros meses do novo governo sejam promovidas as necessárias reformas, entre elas a tributária –com simplificação e transparência nos sistemas”.

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Últimas Notícias. Bookmark o link permanente.