Recife: Projeto laços lança ciclo de oficinas


Foram discutidos temas relacionados ao enfrentamento à violência e ao tráfico de mulheres.

Por Priscyla Lôbo
Secom/Recife

A tarde desta terça-feira (9) foi marcada pelo lançamento do ciclo de oficinas do Projeto Laços: “Formação de Profissionais da Rede de Atendimento à Mulher”, realizado pela Secretaria de Direitos Humanos e Segurança Cidadã, em conjunto com a Secretaria da Mulher.

O encontro aconteceu no Conselho Municipal da Mulher (Edf. Igarassu, 13º andar, Pátio do Carmo), e contou com a presença das conselheiras, lideranças femininas, delegadas do Orçamento Participativo da RPA1 e profissionais do sexo. No momento, foram discutidos temas relacionados ao enfrentamento à violência e ao tráfico de mulheres, bem como o atendimento às profissionais do sexo.

Para a secretária da Mulher, Rejane Pereira “é importante esse tipo de ação, porque quando se defende os direitos humanos também se defende o enfrentamento da violência contra a mulher, o direito da mulher”.

A profissional do sexo L.C.S., 32, acha fundamental que o segmento tenha esse tipo de formação. “Por conta da minha profissão nem sempre tenho um bom atendimento; ações como essa da oficina ajudam a melhorar a relação, romper preconceitos e realmente consolidar os laços entre os profissionais e a população”.

As oficinas acontecem durante todo o mês de novembro nas 6 RPAs do Recife, em comemoração ao Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Violência contra a Mulher (25 de Novembro).

Locais – a capacitação será sempre às 14h30, e ocorrerá nos seguintes locais:
Dia 9 – RPA1 (Conselho Municipal da Mulher);
Dia 11 – RPA2 (ONG Somos Todas Iguais – em Campo Grande);
Dia 17 – RPA3 (Cidadania Feminina – Córrego do Euclides/Alto José Bonifácio);
Dia 18 – RPA4 (CEPAS – Centro de Educação Popular e Pesquisa – na Torre);
Dia 23 – RPA5(Associação de Moradores da Mustardinha);
Dia 30 – RPA6 (Associação de Moradores da UR-2 – Ibura (Av. Pernambuco S/N)

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Administração Pública, Cidadania, mulher, Recife. Bookmark o link permanente.