Infraero quer reduzir vistoria feita em pistas dos aeroportos


A Infraero pediu autorização à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para reduzir as vistorias que determinam se aeroportos suportam pousos sem riscos de derrapagem das aeronaves, segundo informa a reportagem de José Ernesto Credendio publicada na edição desta quarta-feira da Folha e disponível na íntegra para assinantes do jornal e do UOL.

Esses testes, que apontam o grau de atrito entre o pavimento da pista e o pneu do avião, são considerados por especialistas como um dos principais itens de segurança na operação aeroportuária.

A falta de atrito na pista foi apontada pela polícia como uma das possíveis causas do acidente com o avião da TAM que matou 199 pessoas em Congonhas, em 2007.

A Infraero (estatal que administra os principais aeroportos do país) enviou o pedido à Anac na semana passada. Procurada, a estatal não comentou o assunto.

A Anac começou a discutir o pedido ontem, mas ainda não tomou uma decisão.

A Infraero quer ser liberada de atender temporariamente os prazos de testes previstos na resolução feita pela Anac em 2009, com base em normas internacionais.
Folha.com

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Últimas Notícias. Bookmark o link permanente.