Recife realiza concurso para professor


A Prefeitura do Recife publica, nesta quinta-feira (11), no Diário Oficial do Município, edital de concurso público para professor da rede municipal de ensino.

Serão 200 vagas para as disciplinas de português (50), matemática (40), ciências (30), história (23), geografia (25), inglês (14), artes (12) e educação física (6).

Do total, 20 vagas estão destinadas a pessoas com deficiência. As inscrições começam na próxima sexta-feira (12) e seguem até o dia 28 de novembro, através do site: http://www.upenet.com.br. A taxa é de R$ 40.

O concurso, organizado pelo Instituto de Apoio a Universidade de Pernambuco (Iaupe/Conupe), terá duas etapas. A primeira, uma prova escrita de conhecimentos, classificatória e eliminatória, que será constituída de 40 questões de múltipla escolha, sendo 15 de português e 25 de temas específicos dos componentes curriculares. Ainda haverá duas questões discursivas sobre fundamentos da educação.

Na segunda etapa, os pleiteantes passarão por uma avaliação de títulos, com caráter exclusivamente classificatório, que considerará a formação e a experiência profissional do candidato. A prova escrita acontece no dia 19 de dezembro, em horário e local definidos no cartão de informação. O resultado será divulgado no dia 22 de janeiro de 2011. Os aprovados serão distribuídos nas 34 escolas onde funcionam o 3º e o 4º ciclo do ensino fundamental (5ª a 8ª série), nas diversas Regiões Político-Administrativas (RPAs) da cidade.

A remuneração será paga de acordo com a carga horária cumprida pelo profissional. O edital fixa o mínimo de 100 horas-aula mensais e o máximo de 270, de acordo com as necessidades do município. Para uma carga-horária de 200 horas-aula, a remuneração é de R$ 1.702 para candidatos com graduação, R$ 1.786 para aqueles com especialização, R$ 1.812 para candidatos com mestrado e R$ 1.852 para profissionais com doutorado.

Sobre Da Redação do TP

Contatos com a Redação: (81) 3518-1755 ou jornalismo@jornaltribunapopular.com
Esse post foi publicado em Administração Pública, concurso, Educação. Bookmark o link permanente.